PERIGOS DO MOFO EM NOSSAS VIDAS

PERIGOS DO MOFO

O mofo causa doenças graves

São muitos os perigos do mofo para a saúde. O pior é que ele é muito negligenciado por quase todos. Você pode não ser capaz de ver ou sentir o cheiro, mas esse fungo pode estar crescendo em sua casa e pode ser o motivo de você se sentir doente.

PERIGOS DO MOFO

Não é fácil diagnosticar alguém com toxicidade causada pelo mofo, pois este problema pode ser confundido com muitas outras condições e os sintomas são inespecíficos, mas o fato é que o mofo é um grande inimigo da saúde.

Grupos de maior risco

Mulheres grávidas, bebês e idosos estão entre os que mais sofrem com este tipo de problema. Os esporos produzidos pelo mofo podem dar início ou agravar casos de asma, além de transmitir bactérias que podem causar infecções graves. Com a umidade e o calor, é comum o aparecimento de mofo nas paredes da nossa casa ou em cantos úmidos.

Crescimento do mofo

O mofo é um fungo microscópico que se reproduz por meio de partículas vivas denominadas esporos que flutuam no ar externo e no ar interno de ambientes. Nos ambientes úmidos, os esporos se reproduzem formando colônias de fungos. A condição essencial para o desenvolvimento de fungos é a alta umidade relativa do ar nos ambientes.

PERIGOS DO MOFO

GRUPO SAUDE

Consequências

A consequência mais comum de um ambiente com mofo são: irritação na garganta, na pele, tosse, olhos vermelhos e problemas respiratórios. As vítimas do mofo correm sério risco de adquirirem uma rinite ou sinusite crônicas.

A “doença do mofo” faz parte da “síndrome do edifício doente” (SED), uma resposta inflamatória sistêmica adquirida após a exposição ao interior de um edifício contaminado com organismos toxigênicos, incluindo o mofo.

Sintomas

  • Problemas de memória, confusão mental, falta de foco
  • Fadiga, fraqueza, mal-estar pós-exercício
  • Cãibras, dores nas articulações, dores pelo corpo
  • Dormência e formigamento
  • Dores de cabeça
  • Sensibilidade à luz, olhos vermelhos, visão turva
  • Rinite, sinusite, tosse, asma
  • Tremores
  • Vertigens
  • Dores, náuseas, diarreias, alterações do apetite e dores abdominais
  • Gosto metálico na boca
  • Ganho de peso apesar dos esforços para emagrecer
  • Suores noturnos ou outros problemas com a regulação da temperatura
  • Sede excessiva
  • Aumento do volume da urina

EVITE OS PERIGOS DO MOFO

Para combatê-lo, fique atento a qualquer infiltração de água. A umidade é o maior criadouro de mofos. Casa bem arejada e limpa também é evita substancialmente a formação do mofo, por isso é preciso evitar o acúmulo de objetos dentro de casa, assim como tapetes e cortinas, que dificultam a limpeza.

PERIGOS DO MOFO

Hoje já se encontra produtos antimofo bastante eficientes nos principais supermercados. Antes de passar o produto, limpe o teto ou paredes com a solução de água sanitária e água, retire todo o excesso de mofo e aplique o produto, conforme orientação do fabricante.

Dicas

Para evitar o aparecimento de mofo nos armários e guarda-roupas, mantenha sempre uma limpeza constante com um pano úmido e um pouco de vinagre. Seque com um outro pano seco e limpo e deixe as portas abertas para ventilar.

curta-nossa-pagina-no-facebook

Receita

Existe também uma receita (mais natural) para acabar com o mofo usando óleo essencial de melaleuca.

Este óleo é bom para tratar problemas respiratórios, além de combater vírus e bactérias. Esse produto pode ser encontrado nas boas lojas de produtos naturais.

Componentes:

  • 1 litro de água
  • 5 colheres (de café) de óleo essencial de melaleuca

Como preparar a solução:

Misture os ingredientes e coloque num borrifador. Em seguida, aplique a mistura nos móveis, paredes, portas e janelas uma ou duas vezes por semana.

Nas superfícies de madeira, borrife num pano e depois passe esse pano na região mofada. Nas paredes, depois de borrifá-las bem, esfregue com uma esponja macia. A aplicação do produto dura em média, seis meshttp://www.uaucance.com.br/perigos-do-mofo/?share=facebook&nb=1

es. No caso de problemas relacionados ao mofo ou bolor, consulte seu médico.

MEDICAMENTO SEMPRE NA HORA CERTA!

PORTA COMPRIMIDOS SEMANAL PILBPOX

PORTA COMPRIMIDOS SEMANAL PILBPOX

compartilhar fbWHATSAPP

– – – 0 0 0 – – –

GOSTOU DESTE ARTIGO? TEM MUITO MAIS!