OUVIR SOM MUITO ALTO É PERIGOSO

OUVIR SOM MUITO ALTO É PERIGOSO

OS RISCOS DO ALTO VOLUME PARA OS OUVIDOS

A comunidade médica alerta que ouvir som muito alto é perigoso para o aparelho auditivo.

Música muito alta, buzinas, fones de ouvido, fogos de artifícios podem prejudicar a audição. Isso ocorre porque as células nervosas que levam os sinais elétricos até o cérebro, têm um revestimento chamado mielina.

Os ruídos muito elevados têm um efeito mecânico sobre esse revestimento, podendo destruir ou até arrancar as células da mielina. Como resultado, ocorre o comprometimento do tráfego dos sinais elétricos.

Uma exposição prolongada a esses ruídos danifica cada vez mais a camada de mielina, o que significa que os nervos terão uma eficiência cada vez menor na transmissão das informações auditivas até o cérebro.

OUVIR SOM MUITO ALTO É PERIGOSO

PREOCUPAÇÃO CRESCENTE

A Organização Mundial da Saúde já estima que 10% da população do planeta tem algum tipo de deficiência auditiva por diversas causas, sendo uma delas a exposição aos sons intensos e ruídos no ambiente de trabalho. O problema preocupa os especialistas, que alertam para o número crescente de pessoas com deficiência auditiva.

GRUPO SAUDE

RUÍDOS POR TODA PARTE

Não é só quem trabalha em locais muito barulhentos, como o trânsito, indústrias ou aeroportos, que estão sujeitos a desenvolver problemas de audição. O som intenso pode acontecer nas situações mais comuns do nosso dia a dia como, por exemplo:

  • cinemas
  • danceterias
  • shows musicais
  • comemorações com fogos de artifício
  • ouvir música em equipamentos com fone de ouvidos.

NÍVEIS ADEQUADOS DE RUÍDO

A orientação dos especialistas é de que as pessoas não experimentar níveis de ruído que excedam 85 a 90 decibéis (dB). Alguns estudos apontam que a chance de um indivíduo desenvolver perda auditiva quando exposto a ruídos de 90 decibéis durante 40 anos é de 25%. Um ruído acima de 100 dB pode lesar irreversivelmente as células sensoriais de pessoas suscetíveis.

OUVIR SOM MUITO ALTO É PERIGOSO

Para se ter uma ideia, uma conversa normal entre duas pessoas tem a intensidade de 50 a 60 decibéis, enquanto um aparelho de som emite de 100 até 120 decibéis. Portanto, é bom ficar atento ao barulho em sua volta para evitar problemas na audição.

CONSEQUÊNCIAS PARA A AUDIÇÃO

A perda auditiva é raramente dolorosa. Os sintomas são geralmente vagos, como sentimentos de pressão nos ouvidos, a fala que parece estar abafada e um zumbido nos ouvidos que você percebe quando está em lugares calmos. Esses sintomas podem desaparecer em minutos, horas ou dias após a exposição ao ruído alto.

A sua audição volta ao normal se as células forem saudáveis o suficiente em seu ouvido interno. Mas é possível desenvolver uma perda auditiva permanente se a exposição ao ruído for repetitiva, pois muitas células serão destruídas.

O primeiro sinal de uma perda auditiva é não ouvir sons agudos, como o canto dos pássaros, não compreender a fala quando está em uma multidão ou uma área ruidosa ao fundo.

SINAIS DE QUE O SOM ESTÁ MUITO ALTO:

  • Se você começar a falar mais alto que as pessoas ao redor.
  • Se você não consegue entender alguém que está falando com você a menos de 2 metros de distância.
  • Se uma pessoa perto de você pode ouvir os sons do seu fone de ouvido.

O indivíduo também pode ter problemas para entender o que outras pessoas falam, pois pode parecer que estão murmurando, especialmente em lugares mais barulhentos. Isto pode ser o início de perda auditiva de alta frequência, e um teste de audição pode detectá-la.

OUVIR SOM MUITO ALTO É PERIGOSO

Alguns sintomas podem surgir devido a um simples tampão de cera ou uma infecção no ouvido, ambos facilmente corrigidos. No entanto, o problema pode ser mais grave, resultando em perda de audição permanente.

DICAS PARA A EVITAR A PERDA AUDITIVA

  • Mantenha o volume baixo;
  • Limite o tempo dedicado às atividades ruidosas;
  • Utilize tampões para os ouvidos em ambientes ruidosos;
  • Reduza o tempo que você se expõe ao barulho;
  • Faça exames auditivos periódicos.

Quando não for possível evitar lugares com barulhos excessivos, use protetor auricular. Um exemplo de lugares onde a proteção deve ser usada é quando utilizar ferramentas que fazem barulho excessivo.

Ao sentir qualquer alteração na audição, as pessoas devem procurar um especialista para avaliar se existe uma perda de audição ou complicações e realizar exames específicos. Apenas o médico poderá diagnosticar e tratar o problema da forma mais adequada.

COMPARTILHAR FACEBOOK

COMPARTILHAR WHATSAPP

– – – 0 0 0 – – –

GOSTOU DESTE ARTIGO? TEM MUITO MAIS!