OBESIDADE E SUAS CONSEQUÊNCIAS

OBESIDADE E SUAS CONSEQUÊNCIAS

O acúmulo de gordura no corpo

A obesidade é uma doença crônica, que afeta um número elevado de pessoas por todo o mundo. No Brasil estima-se cerca de 18 milhões de pessoas consideradas obesas. O número de  indivíduos acima do peso chega a 70 milhões, o dobro do que era há três décadas.

Índice de massa corporal

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal no indivíduo. Para o diagnóstico em adultos, o parâmetro utilizado mais comumente é o do índice de massa corporal (IMC). O padrão, utilizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), identifica o peso normal quando o resultado do cálculo do IMC está entre 18,5 e 24,9.

Clique aqui e descubra seu IMC.

A obesidade é fator de risco para uma série de doenças, e são muitas as causas da obesidade. O excesso de peso pode estar ligado à herança genética da pessoa, a maus hábitos alimentares ou a disfunções endócrinas. Uma rotina alimentar saudável e a prática de exercícios físicos podem contribuir com a prevenção e tratamento.

OBESIDADE E SUAS CONSEQUÊNCIAS

Existem três tipos de definições quando uma pessoa está acima do peso:

GRUPO SAUDE

Sobrepeso:

É quando há mais gordura no corpo do que o ideal para uma vida saudável.

Obesidade:

Quando o acúmulo de gordura é muito acima do normal, podendo gerar até problemas graves de saúde.

Obesidade mórbida:

quando o valor do IMC ultrapassa 40. Nesse caso, o tratamento inicial além das mudanças de estilo de vida sempre inclui medicamentos e até intervenções cirúrgicas podem ser recomendasQ

OBESIDADE E SUAS CONSEQUÊNCIAS

Doenças causadas pela obesidade

A obesidade é fator de risco para uma série de doenças. O obeso tem mais propensão a desenvolver problemas como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, apneia do sono. Some também os problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula.

A obesidade mexer com fatores psicológicos, acarretando diminuição da autoestima e depressão. Isso pode interferir inclusive, no relacionamento sexual. Ela está relacionada à redução da testosterona, o que pode levar a redução de libido e a problemas de ereção nos homens.

Já nas mulheres, existe uma redução dos níveis de hormônio feminino e aumento no nível dos hormônios masculinos.

As mulheres desenvolvem mais pelos, apresentam irregularidade menstrual e redução da fertilidade. As chances de todos esses problemas se resolverem com a perda de peso, são bem grandes.

Prevenção

A prevenção contra a obesidade passa pela conscientização da importância da atividade física e da alimentação adequada. O estilo de vida sedentário, as refeições com poucos vegetais e frutas, além do excesso de alimentos ricos em gorduras e açúcares, levam ao aumento do número pessoas obesas em todas as faixas etárias, inclusive crianças. No Brasil, segundo o IBGE, uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos está acima do peso. Comparado com pesquisas anteriores, o excesso de peso entre as crianças mais do que triplicou desde 1974: passou de 9,7% para 33,5% atualmente. Se continuarmos nessa marcha, o Brasil pode se tornar o país mais obeso do mundo em 15 anos.

OBESIDADE E SUAS CONSEQUÊNCIAS

Como trata-se um grave problema social, para tentar minimizar o aumento progressivo de obesos ao longo do tempo, organismos como a OMS (Organização Mundial da Saúde) sugerem aumentar impostos para diversos tipos de bebidas doces (sucos, refrigerantes, etc), uma vez que são apontadas como as principais causas para os altos índices de obesidade, especialmente em crianças e jovens. Segundo a organização, um aumento de 20% no preço já resultaria em reduções no consumo desses produtos e, consequentemente, de problemas como sobrepeso, obesidade, diabetes tipo 2 e cáries.

Tratamento

O modo mais simples e natural de combater a obesidade é através da adoção de práticas saudáveis que incluem a ingestão de alimentos benéficos à saúde e a realização de exercícios físicos. Em alguns casos, os médicos podem solicitar o uso de remédios, porém, estes devem ser utilizados temporariamente e apenas sob recomendação médica pois os efeitos colaterais são graves como por exemplo, o aumento da pressão sanguínea, insônia e arritmia cardíacas.

MEDICAMENTO SEMPRE NA HORA CERTA!

PORTA COMPRIMIDOS SEMANAL PILBPOX

PORTA COMPRIMIDOS SEMANAL PILBPOX

compartilhar fbWHATSAPP

– – – 0 0 0 – – –

GOSTOU DESTE ARTIGO? TEM MUITO MAIS!