MÚSICA PARA IDOSOS: MUSICOTERAPIA

MÚSICA PARA IDOSOS

Musicoterapia para idosos

Técnica usa a música para idosos como tratamento que auxilia  nas mudanças que ocorrem com o avanço da idade. O principal objetivo da musicoterapia para os idosos é a recuperação da autoestima. Envolve atividades como cantar, brincar, tocar, improvisar e criar, estimulando um trabalho mental e corporal do idoso.

Formas de trabalho

As sessões de musicoterapia devem ser feitas de acordo com as necessidades do paciente. O musicoterapeuta deve analisar cada situação e tratá-lo da maneira mais adequada, em sessões individuais ou em grupo. Geralmente, o musicoterapeuta trabalha em uma equipe interdisciplinar com gerontólogos, fisioterapeutas, cuidadores, psicólogos, nutricionistas entre outros. Isso possibilita a promoção da saúde do idoso e sua qualidade de vida.

MÚSICA PARA IDOSOS

O aumento da motivação objetiva alcance terapêutico, a musicoterapia levará o idoso à auto expressão de seus sentimentos. O processo ocorre através da músicas solicitadas, ao resgate da autoestima, e à maior aceitação das dificuldades advindas do processo natural do envelhecimento.

curta-nossa-pagina-no-facebook

Nas sessões são utilizados instrumentos musicais percussivos de fácil manuseio, e não é necessário saber tocar ou cantar previamente para fazer musicoterapia. As canções acabam por revelar a “subjetividade e existencialidade interna do ser”, ou seja, seus conteúdos internos.

GRUPO SAUDE

Benefícios da música para idosos:

  • Restabelecimento do ritmo da marcha.
  • O uso de músicas com os ritmos marcados auxilia idosos com dificuldade de se locomover e equilibrar.
  • Estimulação da fala
  • O canto proporciona uma melhora nos problemas de dicção e oratória.
  • Aumento da criatividade
  • A criação de novas músicas aumenta a criatividade e estimula todas as capacidades cognitivas e melhora o humor, a concentração e o raciocínio.
  • Aumento de força e consciência corporal
  • O ritmo da música estimula movimentos corporais e tonifica a musculatura.
  • Diminuição dos sintomas de depressão
  • O convívio social utilizado na musicoterapia diminui o isolamento, além de ser uma forma de expressar as emoções, diminuindo a ansiedade e o estresse.
  • Melhora no convívio social: Idosos que praticam atividades de musicoterapia se afastam da solidão, se sentem mais apoiados, felizes e com uma ótima qualidade de vida.

MÚSICA PARA IDOSOS

A capacidade de cantar é inerente a todo ser, em qualquer idade. A autovalorização advinda da escuta terapêutica e o cantar, possibilitam a autoconfiança – cantar, encantar e se encontrar – adquirindo assim a qualidade de vida e saúde mental como resultado do fazer musical, sempre revelando este olhar diferenciado para a saúde do idoso.

MEDICAMENTO SEMPRE NA HORA CERTA!

PORTA COMPRIMIDOS SEMANAL PILBPOX

PORTA COMPRIMIDOS SEMANAL PILBPOX

compartilhar fbWHATSAPPCallReceitas

– – – 0 0 0 – – –

GOSTOU DESTE ARTIGO? TEM MUITO MAIS!