MUSICA E ROMANCE SÃO IRMÃOS

MUSICA 01MUSICA E ROMANCE

Dopamina – a droga da recompensa

Para nosso cérebro a música é tão importante quanto o romance, através de uma droga natural, a Dopamina, onde questões ligadas à sobrevivência são recompensadas pelo cérebro, que coloca as duas coisas no mesmo patamar.

Por que amamos a música?

Para muitos de nós a música tem um importante papel em nossa vida diária. Ouvimos música em casa, no carro, no trabalho e até mesmo quando fazemos exercícios. Nossos ouvidos simplesmente se convertem em fiéis receptores de várias melodias.

Perguntar o porquê da música nos acompanhar sempre poderia ser uma questão sem resposta, mas certamente hoje existe uma afirmação de que a música é tão importante como pode ser o sexo, uma vez que nosso cérebro nos recompensa quando temos comportamentos necessários para a sobrevivência como a alimentação e o sexo através dessa droga natural, a Dopamina.

MUSICA E ROMANCE

Pesquisas recentes

Um novo estudo revelou que ao ouvir nossas músicas favoritas ativamos zonas em nosso cérebro comumente associadas à recompensa sexual. Cientistas da Universidade MCGill em Montreal mediram através de ressonância magnética as ondas cerebrais de voluntários que deveriam ouvir 60 fragmentos de música que não conheciam, selecionadas a um programa similar ao iTunes a partir de gostos previamente declarados.

A ressonância mostrou que o núcleo accubens (uma região associada ao reconhecimento de padrões complexos, predição de reações e sobretudo na tarefa de associação de valores emocionais e recompensa aos estímulos) interage em sessões prazeirosas de escuta com o córtex auditivo, área que armazena informação sobre os sons e a música que ouvimos.

GRUPO SAUDE

MUSICA E ROMANCE

Dependendo de quanto gostasse do fragmento musical apreciado, o voluntário lhe dava uma nota em um leilão hipotético. A Dra. Valoire Salimpoor afirmou que “quando ouvimos uma peça musical que nunca ouvimos antes, a atividade em uma região do cérebro pode indicar de forma confiável e consistente se irá apreciar e se a compraria; este é o núcleo accubens, que está associado à formação de expectativas que podem gerar a sensação de recompensa.

A explicação

“O que faz a música tão poderosa emocionalmente” continua Salimpoor “é a criação de expectativas. A atividade no núcleo accubens é indicador de que se alcançaram ou superaram as expectativas. Em nosso estudo encontramos que quanto mais atividade encontramos nesta zona do cérebro enquanto as pessoas ouviam música, com mais probabilidade estariam dispostos a comprá-la.”

MUSICA E ROMANCEEm outras palavras, o cérebro aplica um valor à música través da Dopamina o que reforça o comportamento o nos faz querer ouvir mais. Este é a mesma rota através da qual nos mostra que é importante para nós a nível emocional. Assim como a sobrevivência, como comer ou fazer sexo.

Fonte: Informador.MX

compartilhar fbWHATSAPP

– – – 0 0 0 – – –

GOSTOU DESTE ARTIGO? TEM MUITO MAIS!