INSUFICIÊNCIA CARDÍACA E DEPRESSÃO

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA E DEPRESSÃO

Depressão pode causar problemas no coração

A pessoa deprimida perde a alegria de viver, o bom humor, o bem-estar e esse permanente estado de tristeza tem ação direta no sistema imunológico, o que prejudica as defesas do organismo, afetando-o como um todo.

Maiores riscos de doenças

É por isso que esses pacientes têm mais risco de desenvolver problemas do coração, doenças autoimunes e distúrbios degenerativos como o mal de Alzheimer. Um estudo feito na Noruega mostra que as pessoas que apresentaram sintomas leves de depressão ao longo da pesquisa tiveram uma chance 5% maior de ter insuficiência cardíaca do que aqueles que não demonstraram sinais depressivos.

Entre os participantes que tiveram sintomas graves da depressão, esse risco foi 40% mais elevado.

Hipertensão e colesterol

Outro estudo americano mostrou que eles têm 73% mais chance de ter um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Não é à toa os especialistas colocam a depressão ao lado de fatores como a pressão alta e o colesterol como ameaças ao coração. 

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA E DEPRESSÃO

A depressão aumenta os níveis de cortisol

Ele é um hormônio relacionado à situações de tensão, que derruba as defesas. Também pode estar por trás da taquicardia e da subida da pressão.

GRUPO SAUDE

Isso explicaria a ameaça ao coração dos deprimidos. Muitas infecções também podem se instalar em um sistema imune enfraquecido.

Há dados relacionando o estado depressivo ao aparecimento de câncer de mama, intestino e outros tumores. Este se aproveita do enfraquecimento das defesas, que não conseguem dar conta das células defeituosas. Esse estado também provoca danos no próprio cérebro, o que explica o comprometimento de algumas funções desse órgão.

Depressão é coisa séria. Consulte um médico.

compartilhar fbWHATSAPP

– – – 0 0 0 – – –

GOSTOU DESTE ARTIGO? TEM MUITO MAIS!