INCONTINÊNCIA URINÁRIA

A incontinência urinária – perda involuntária de urina – é um problema comum e muitas vezes constrangedor. A gravidade varia: em alguns casos, a pessoa não consegue segurar a urina ao fazer esforços como tossir ou espirrar; em outros, a vontade de urinar é tão súbita e forte que não dá tempo de chegar a um banheiro.

A incontinência urinária atinge 10 milhões de brasileiros de todas as idades, sendo duas vezes mais comum no sexo feminino, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia. É um problema que afeta todas as faixas etárias, mas acomete mais a população idosa. Causa um impacto muito grande na qualidade de vida das pessoas, constrangimento social, mau cheiro, etc. Isso pode gerar depressões e diminuição ou perda das relações sociais e familiares.

Produtos para a incontinência

Os produtos para incontinência são feitos especialmente para ajudar as pessoas com problemas para controlar a bexiga ou intestino e oferecem mais segurança, autoconfiança e, consequentemente, melhor qualidade de vida. Podem ser utilizados temporariamente durante o tratamento ou como uma solução de longo prazo, se a incontinência for irreversível. O uso contínuo de produtos para incontinência deve ser acompanhado pro profissionais para garantir que sempre sejam utilizados produtos mais adequados, quando a necessidade é real. Nos idosos, muitas vezes, o uso indiscriminado das fraldas pode levar a uma incontinência mesmo quando ela não existe de fato. Em alguns casos, os idosos ainda sentem a vontade de ir ao banheiro, mas são estimulados a não se preocuparem porque com a fralda, não precisam ter esse trabalho.

Na escolha do tipo de produto absorvente deve-se considerar:

GRUPO SAUDE

  • Capacidade funcional do paciente
  • Tipo e gravidade da incontinência
  • Suporte
  • Preferências / adequação do paciente
  • Reações da pele
  • A presença de comorbidades
  • Qualidade e custo do produto.

As fraldas e absorventes possuem vários tipos e podem ser usados com cuecas ou calcinhas normais. Os polímeros absorventes transformam a urina em gel e o mantém nas camadas mais profundas do tecido absorvente. A superfície, geralmente de tecido, permanece seca e impede o contato do molhado com a pele, evitando assim o risco de maceração ou irritação devido à estagnação de urina. A escolha do tipo de cobertura deve ser particularmente criteriosa quando o paciente está acamado, para a prevenção de úlceras de pressão, as chamadas escaras. Estes produtos são projetados para absorver a urina e fezes e estão disponíveis em vários tamanhos e medidas com diferentes graus de absorção.

A escolha varia dependendo da estrutura da pessoa e do tipo de incontinência. A fralda-calça permite o máximo de absorção, mas são volumosas e limitam a roupa que se pode usar. São mais indicadas para pacientes acamados, mas não para aqueles que se movem, tendo em conta as dimensões extremas e, para evitar problemas, devem ser substituídas pelo menos, 4 vezes ao dia.

Outros produtos também ajudam para a gestão de incontinência:

  • Cateteres externos para os homens (preservativo urológico) com fixadores e saco de recolha de urina atados à coxa. Se bem tolerados, (são não-invasivos), podem ser uma ótima alternativa para a fralda; devem ser usado apenas quando necessário e sob rigorosa supervisão médica, pois podem resultar em infecções. Dá-se preferência aos sacos de recolha com bloqueio de retorno, que impedem que a urina retorne à bexiga.
  • Absorventes transversais e toalhas descartáveis para serem colocadas nas camas ou cadeiras. Estes produtos são feitos de tal maneira que, quando usado da maneira indicada, a umidade é absorvida nas camadas de material que não ficam em contato com a pele. Eles podem ser utilizados para absorver diretamente a urina ou proporcionar uma proteção adicional quando utilizada em conjunto com outros auxiliares de incontinência.

Procure ajuda profissional

Ao sentir os sintomas de incontinência, procure um médico especializado para tratar corretamente o seu problema. Exercícios e fisioterapia recomendados por profissionais qualificados costumam dar bons resultados.