FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O ENVELHECIMENTO

bem viver


FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O ENVELHECIMENTO

Envelhecimento é um fato, não dá para evitar. As células envelhecem e isso leva a desencadeamento de diversos problemas, afinal as artérias e o cérebro, entre outras estruturas, também ficam mais velhos e perdem funções.

É comprovado que as mulheres vivem mais do que os homens porque até a menopausa, elas têm o hormônio estrogênio que protege o sistema vascular. Adicionalmente, a mulher tende a ir ao médico com maior frequência e a realizar check-ups, o que lhe confere a vantagem de ter doenças diagnosticadas mais cedo.

Os homens têm algumas desvantagens em seu organismo. Com uma taxa metabólica maior que das mulheres e desgaste das células mais intenso, o organismo se debilita mais precocemente.

A seguir, elencamos alguns fatores que contribuem para um envelhecimento mais rápido:

Tabagismo

GRUPO SAUDE

Fatores envelhecimento 2 copy

O cigarro pode causar cerca de 50 doenças diferentes, especialmente problemas ligados ao coração e à circulação, cânceres de vários tipos e doenças respiratórias. Em cada tragada são inaladas 4.700 substâncias tóxicas. Entre elas, três são consideradas as piores. A primeira é a nicotina, associada aos problemas cardíacos e vasculares. A segunda é o monóxido de carbono (CO), que reduz a oxigenação sanguínea no corpo. A terceira substância tida como grande vilã é o alcatrão, que reúne vários produtos cancerígenos, como polônio, chumbo e arsênio.

Índice de Massa Corporal (IMC)

Fatores envelhecimento 4 copy

Ter o IMC acima de 25, ou seja, com sobrepeso. A gordura produz substâncias chamadas adipocinas, que são tóxicas. Elas aumentam as chances de se apresentar hipertensão, diabetes, problemas cardíacos e câncer, entre outros. A gordura localizada, principalmente na região do abdômen, é considerada a mais nociva, pois promove um quadro inflamatório que agride nossos vasos sanguíneos, propiciando infarto e AVC.

Diabetes

Fatores envelhecimento 5 copy

O descontrole da insulina é prejudicial a todo o organismo. O excesso de glicose produz os chamados produtos avançados glicosilados, que são tóxicos e enrijecem as artérias e favorecem o aparecimento de placas de colesterol. Isso causa danos em diversas estruturas do organismo, como o cérebro, coração e rins.

Doenças cardiovasculares

Fatores envelhecimento 6 copy

A doença cardiovascular promove obstrução da parede dos vasos, que, quando mais severa, leva a falta de circulação e morte das células que são irrigadas por esta artéria. Sendo assim, já ter tido alguma falência cardíaca e ter diabetes eleva os riscos.

Câncer

Fatores envelhecimento 1 copy

A pessoa com câncer apresenta um defeito de uma proteína que controla as mutações genéticas na célula, a chamada P-53. A doença drena energia do corpo, que poderia estar sendo enviada para outros processos metabólicos. O tumor promove perda importante de massa muscular e óssea.

Doença pulmonar

Fatores envelhecimento 3 copy

Na bronquite crônica e no enfisema pulmonar, a passagem de ar para os pulmões (e consequentemente a entrega de oxigênio para o corpo), fica comprometida. Toda inflamação crônica acarreta na liberação de substâncias denominadas citoquinas, que agridem as células, como a das paredes arteriais e dos rins. Além disso, a falta crônica de oxigênio leva à geração de radicais livres que atacam o DNA das células, acelerando assim o envelhecimento precoce.

Dificuldades ao lidar com as finanças

ORCAMENTO

Depois de tantos problemas de saúde, parece estranho ver um fator do dia a dia nessa lista. Mas se uma pessoa que lidava bem com seu dinheiro começa a ter dificuldades nessa tarefa, ainda mais com o passar do tempo, isso só pode significar algum problema cognitivo, que tende a se agravar no futuro e até se manifestar na forma de doenças como o Alzheimer.

Banquetas Docol

Dificuldades de locomoção, banho e manuseio de objetos

Em primeiro lugar, essas dificuldades podem aparecer em decorrência de alguma limitação física ou de doenças como AVC, paralisia ou Alzheimer. Normalmente esses problemas estão ligados a uma redução da massa muscular, que é nosso reservatório de proteínas em casos de desnutrição, por exemplo. Portanto, quem tem maior reserva muscular tem maior capacidade para enfrentar doenças que exijam mais proteínas.

Fonte: Portal Minha Vida

—–x x x—–

compartilhar fb