ENVELHECIMENTO COM QUALIDADE

UAU ARTIGO 100

 

 

 


 

O Grupo de Envelhecimento Ativo da Santa Casa de Maceió (Geasc) apresentou em abril passado  o círculo de palestras sobre prevenção de acidentes, com foco nos riscos inerentes ao ambiente doméstico na visão dos engenheiros de segurança.

De acordo com a engenheira de segurança Giselda Romeiro, convidada para ministrar a palestra, a maioria dos acidentes domésticos são decorrentes de desníveis, tapetes, armários altos e escadas. Enfim, tudo o que não representa tanto perigo para os jovens, vira um problema imenso para os idosos.

“Os medicamentos constituem uma causa frequente de quedas, por alterarem a pressão e por terem potencial pra prejudicar o equilíbrio”, orienta a profissional.
De preferência, a casa não deve ter tapetes. Aqueles que não puderem ser retirados, têm que manter uma boa aderência  ao piso.

ESCADA ILUMINADA

As escadas precisam ser bem iluminadas e sinalizadas

GRUPO SAUDE

“Uma casa bem iluminada é fundamental, principalmente se houver escada”, orienta.
No banheiro, é indispensável instalar barras de apoio perto do chuveiro e do vaso sanitário. E atenção especial para os calçados. “O melhor calçado é um calçado com sola de borracha, fechado e que dê estabilidade à pessoa. Chinelinhos bordados são muito bonitos pra ficar dentro do guarda-roupa.
Confira as principais recomendações para prevenir acidentes em casa:

  • Pratique exercício físico com regularidade, de modo a melhorar a sua forma física; tenha uma alimentação equilibrada;
  • Seja cuidadoso, de modo a não cometer erros na dosagem dos medicamentos que está tomando;
  • Use sapatos bem ajustados, com solas antiderrapantes: os sapatos devem ter saltos largos, calcanhares reforçados, de modo a evitar que os pés se movimentem dentro deles;
  • Evite usar chinelos;
    Disponha os móveis da casa de maneira a permitir espaço para poder andar de um lado para o outro sem obstáculos.
  • Não ande sobre pavimentos escorregadios (molhados ou encerrados);
  • os tapetes devem cobrir todo o chão, de uma parede à outra, ou possuírem forro antiderrapante.
  • A mobília não deve ter rodas, a cama e as cadeiras não devem ser demasiado baixas ou altas.
  • Coloque barras de apoio no chuveiro e ao lado do vaso sanitário, use tapete de borracha no chuveiro;
  • Ilumine convenientemente toda a casa;
  • As escadas devem ter boa iluminação, corrimãos seguros e degraus antiderrapantes;
  • Não deixe gavetas abertas;
  • Não deixe fios elétricos ou do telefone no chão;
  • Não tenha vergonha de pedir ajuda para atravessar a rua.

É bom lembrar que a tendência natural é termos uma população cada vez mais de pessoas idosas e, portanto, devemos nos preparar tecnicamente e legalmente para adequarmos a essa nova realidade.

via Envelhecimento Ativo: veja como se proteger de quedas em casa – Santa Casa de Maceio.