A IMPORTÂNCIA DO ZINCO PARA O ORGANISMO

A IMPORTÂNCIA DO ZINCO PARA O ORGANISMO

Deficiência de zinco traz problemas ao perfeito funcionamento do organismo

É muito grande a importância do Zinco para o organismo funcionar corretamente, e a sua falta pode ser um problema sério. Para a Organização Mundial da Saúde, está ligada a muitos casos de mortes, já que esse mineral tem função importante em nosso sistema imunológico. De acordo com a OMS, a população brasileira tem um consumo moderado de zinco, mas não o ideal, ficando abaixo de países como Uruguai, Chile e Venezuela.

SISTEMA IMUNOLÓGICO

O principal papel do zinco no organismo acontece no sistema imunológico. O zinco é importante tanto para a síntese de células imunológicas como em sua ação de defesa contra vírus, bactérias e fungos.

De acordo com a OMS, pessoas que não consomem quantidades suficientes de zinco têm maiores chances de sofrer com ação de agentes infecciosos, e por isso, passam mais tempo doentes se comparadas com aquelas que têm uma ingestão de zinco adequada.

ANTIOXIDANTE

O zinco também protege o organismo por ter ação antioxidante, diminuindo a quantidade de radicais livres em nosso corpo. Esse tipo de molécula, afeta negativamente as funções das células, aumentando as chances de desenvolver tipos diferentes de câncer.

FUNÇÕES CELULARES

Além disso, aproximadamente 100 enzimas diferentes precisam do zinco para conseguir catalisar reações químicas que mantém as funções celulares eficientes. Por isso, o zinco, além de ter papel importante em nossa imunização, ainda ajuda praticamente todo o corpo a funcionar melhor.

Adicionalmente, uma pesquisa feita por uma universidade alemã descobriu que até uma deficiência mínima do nutriente influencia e prejudica a digestão.

GRUPO SAUDE

Mesmo em um estágio inicial, uma ligeira deficiência de zinco na dieta reduz  a atividade do pâncreas e resulta em significativa disfunção digestiva. Mesmo pequenos episódios de deficiência devem ser evitados. À medida que o elemento existe apenas em pequenas quantidades no organismo, é preciso que seja consumido por meio da nutrição.

A IMPORTÂNCIA DO ZINCO PARA O ORGANISMO

CONSUMO DO ZINCO

O consumo recomendado é de 7 mg por dia para mulheres e 9 mg para os homens. Para os idosos, por exemplo, o número sobe para oito entre as mulheres e 11 para os homens.

Uma alimentação balanceada fornece as quantidades diárias de zinco para que nosso corpo fique protegido. Os alimentos campeões desse nutriente são as ostras, mas outras fontes mais comuns podem fazer parte de nosso cardápio diário.

Uma dieta com oleaginosas, como nozes e castanhas, todos os tipos de carne, arroz e pão integrais já faz o nosso sistema imunológico funcionar melhor. Além desses alimentos, a semente de abóbora, aveia, feijão e leite integral também são boas fontes desse mineral.

curta-nossa-pagina-no-facebook

Mas, em alguns casos, apenas a alimentação não consegue fornecer ao corpo a quantidade que falta de zinco, nesses casos, é aconselhada a avaliação de um médico.

Principais sintomas da falta de zinco

  • Fragilidade do sistema imunológico,
  • Ferimentos que não cicatrizam,
  • Dificuldade de sentir gosto salgado nos alimentos,
  • Problemas na pele (psoríase),
  • Falta de memória,
  • Depressão,
  • Cansaço e fadiga,
  • Atrasos no crescimento nas crianças e adolescentes,
  • Atraso no desenvolvimento sexual e impotência,
  • Queda de cabelo,
  • Aumento dos níveis de glicose no sangue,
  • Pele seca e amarelada e mau funcionamento do fígado,
  • Perda do paladar e anorexia

Entre todos esses problemas o que mais preocupa é o efeito da falta de zinco sobre o sistema imunológico. Isso faz com que o organismo fique muito mais exposto a todas as doenças infecciosas.

Fonte: periódico científico British Journal of Nutrition.

MEDICAMENTO SEMPRE NA HORA CERTA!

PORTA COMPRIMIDOS SEMANAL PILBPOX

PORTA COMPRIMIDOS SEMANAL PILBPOX

COMPARTILHAR FACEBOOK

COMPARTILHAR WHATSAPP

– – – 0 0 0 – – –

GOSTOU DESTE ARTIGO? TEM MUITO MAIS!